Graus da Magia Divina potencializando outros tratamentos

O uso da Magia Divina não se resume a trabalhos, como costumamos chamar, “pesados”. Tradicionalmente a magia foi associada às quebras de magias negras, trabalhos de feitiçaria, bruxaria, encantamentos e aprisionamentos, bem como para obtenção de riquezas, longevidade, proteção, prosperidade, como adivinhação de futuro, cura, poder.

Graças à difusão das terapias alternativas como Reiki, Feng Shui, Radiestesia e Radiônica, Cromoterapia, Metafísica, Hoponopono, TVP, Apometria, Terapias, Passes, dentre outros, temos hoje uma visão mais abrangente sobre o potencial de cura que os tratamentos energéticos podem proporcionar.

Assim, um Iniciado na Magia Divina que também tenha acesso a estas técnicas, poderá utilizá-las de maneira potencializada, sendo propício neste momento esclarecer uma dos principais diferenciais deste Sistema Mágico trazido pelos Mestres Espirituais, como segue em forma de exemplos:

Um terapeuta que se utiliza de pedras em seu sistema de terapia energética, está utilizando a energia vibrada naturalmente por aquele tipo específico de mineral. Bem, como vimos linhas atrás, os elementos materiais são formados a partir de uma matriz sutil, a que chamamos de Fatores Divinos. Através das densificações (rebaixamento de faixas vibratórias), os Fatores vão se condensando, gerando os elementos materiais, que se tornam em si mesmos condensadores e concentradores energéticos de um conjunto específico de Fatores Divinos.

Um mineral é neutro e irradia a energia condensada em si, porém, quando ativada magisticamente, abre em si mesma um portal (passagem) de acesso às dimensões minerais sutis que a formaram, ou seja, as dimensões geradoras e sustentadoras daquele elemento material. Com este portal aberto, o Mago/Terapeuta direcionará estas energias originais para o consulente, dando-lhes determinações positivadoras genéricas e específicas para transmutar as enfermidades e dificuldades apresentadas, aumentando em muito o potencial de concretização da cura, além de permanecer atuando mesmo após a saída do consulente. Além disso esses portais também protegem o mago de ataques sutis das energias dos clientes e servem de portais de curas potencializadas.

– Tomando por base o exemplo anterior, o mesmo ocorrerá nas técnicas de cura que se utilizam de ervas, do fogo, das luzes, da água, da terra, dos metais, do ar, dos passes, das massagens, etc.;

– No caso de técnicas que se utilizam de desdobramentos, bem como de recursos psicológicos, a Magia Divina servirá como sustentadora e potencializadora energética do trabalho, podendo realizar descargas energéticas, recolher energias densas e destrutivas, desbloquear condensações energéticas de quaisquer ordens, reequilibrar o mental e o emocional, proteger o consulente e os terapeutas, formar cadeias energéticas (prisões energéticas), dissolver e recolher instrumentos obsediadores, purificar, curar e redirecionar milhares de espíritos sofredores ao mesmo tempo, facilitar processos anímicos, mediúnicos e intuitivos, dentre outros benefícios que aqui não podemos mencionar, respeitando a Lei do Silêncio.

Esse texto trás um pouco mais de luz a essa terapia magística e de maneira alguma esgota a o manancial que a magia oferece. Magia Divina emprega o concurso de energias em suas diversas freqüência, não se utilizando do concurso de espíritos ou seres inferiores duais.

Imagem relacionada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: