Linha de Caboclos – Umbanda

A Umbanda é uma religião que trabalha com incorporação de guias. Mas o que é isso?

Desde a antiguidade nós humanos temos uma ligação com o mundo espiritual e independente do nome que se dá a essa comunicação, as religiões de forma geral a praticam. Os nomes que se dão  a isso não importa, pois estamos falando da Umbanda e na Umbanda a palavra é incorporação de guias.

Uma das falanges de trabalho mais conhecidas é a dos Caboclos. Quem são os caboclos?

São seres humanos que ao desencarnarem encontram afinidades ou ressonância com o conglomerado de informações ligados a Umbanda e aos caboclos.

Mas espera um pouco,  não estou entendendo???

Pense na Umbanda como uma grande empresa com vários departamentos. Eu desencarno e  entro em sintonia com essa energia e desejo aprender. A Umbanda é dividida em graus, ou podemos chamar, mistérios.

Você se apresenta ao departamento Caboclos  desmonstra o seu desejo e a partir daí começa o seu aprendizado. Ele pode ser ilimitado, o guia pode pertencer a várias falanges e até mesmo falanges com energias interligadas, muitas vezes um caboclo pode se apresentar com um determinado nome de falange, mas isso de modo algum significa que ele tem só aquela habilidade ou trabalha só com determinada energia, apenas significa que naquele momento e com aquele filho ele esta conectado a um mistério específico, que também esta ligado as diretrizes futuras do filho/médium.

Ahhhh então um caboclo pode ter sido um Preto Velho?  Sem dúvida nenhuma!

Tudo se repete no alto e no embaixo, nós também trocamos de profissão e nem por isso esquecemos o que aprendemos, na verdade nos ajuda a ver as coisas por prismas diferentes.

Os caboclos trazem uma energia mais jovial, embora dependendo do Mistério, eles possam ser mais tranquilos. É uma energia de caça,  plantio,  visão,  manipulação de ervas, foco, destreza, força, expansão, coordenação, avanço.

Os nomes podem ser os mais diversos e isso importa mais para o médium que através do nome pode perceber quais energias são manipuladas pelo guia que o acompanha. De forma geral os guias podem ter uma história com seus médiuns, as vezes de longa data, e outras vezes podem ter situações recentes de crescimento e aprendizado para ambos.

Os caboclos tem ilês, ou, saudações quando baixam nos templos ou terreiros, tem nos seus pontos riscados os portais de abertura para os seus trabalhos em particular, que estão conectados ao portal maior da casa em que trabalham.  Os guias são exclusivos dos médiuns? A resposta é outra vez:  as vezes sim as vezes não. Depende dos acertos feitos antes da encarnação. Uma coisa é certa, eles não estão o tempo todo a disposição do médium pois também tem outras obrigações, trabalham  e estudam muito.

Nós também podemos ser guias no futuro, quando desencarnarmos? Com certeza. Eu diria que já fomos e agora estamos experenciando o outro lado.

A próxima vez que ouvir um nome de guia, pare e pense. Por exemplo: Caboclo Rompe Mato

Caboclo: energia de índios – qualquer tipo de índio do mundo, lembrando que caboclo também é o sertanejo, o homem simples do interior mais ligado a terra.

Rompe: energia de Ogum, pois uma das atribuições de Ogum é romper caminhos.

Mato: campos de Oxossi,  Conhecimento.

Os caboclos trazem  energia dos pajés, usam a defumação através dos seus charutos e da manipulação milagrosa das ervas.

Saudação de Caboclo: Okê Caboclo, Okê Bambi ôcrim

 

Nós do Dragão Dourado desenvolvemos a mediunidade com carinho, afeto e amor

Espaço Holístico Dragão Dourado  “Integrando a Espiritualidade do Ser” 

11 998959001

 

 

269859-Sepik

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: